MS: conflito entre indígenas e fazendeiros tem muitos feridos e um morto

Conflito 'explodiu' nesta terça-feira. Agente de saúde morreu no local.

15/06/2016 08:15


O confronto entre índios e produtores rurais na Fazenda Ivu, próximo à aldeia indígena Te' Ýikuê, no município de Caarapó, foi destaque nacional nesta terça-feira (15).
 
Os indígenas daquela comunidade teriam ocupado desde domingo as terras da Fazenda Ivu, e o conflito teria ?explodido? nesta terça, quando, segundo populares, homens armados teriam chegado em 60 camionetes atirando contra os indígenas. O agente de saúde indígena Claudione Rodrigues Souza, de 26 anos, morreu e outros seis índios ficaram feridos, entre eles uma criança.
 
A Polícia Militar, que teria sido acionada pelo Corpo de Bombeiros, foi ao local e acabou virando refém dos indígenas que, muito enfurecidos, teriam quebrado e queimado a viatura dos militares. De acordo com informações extraoficiais, os militares foram feitos reféns, mal tratados, e tiveram os corpos cobertos por gasolina, e ainda tiveram as armas de fogo e coletes tomados. Três policiais militares sofreram ferimentos leves.
 
A Polícia Federal, juntamente com a Militar, tentou negociar durante toda a tarde para a devolução de três armas dos policiais, mas a negociação não avançou.
 
O prefeito do município, Mário Valério (PR), disse que quatro dos feridos foram transferidos para o hospital de Dourados por conta da gravidade dos ferimentos e há informações de mais feridos na aldeia, mas os policiais e bombeiros não conseguem entrar no local.

da Redação