Aquidauanense Fernando dos Anjos vive expectativa de conduzir a Tocha Olímpica

Fernando foi um dos escolhidos para participar da condução. Revezamento começa neste sábado em Mato Grosso do Sul.

24/06/2016 09:30


Com a proximidade da chegada da Tocha Olímpica, o clima dos Jogos Rio 2016 poderá ser sentido de perto pela população de nove cidades sul-mato-grossenses. Situada em um dos pontos mais bonitos do Pantanal, Aquidauana não foi incluída no revezamento, mas vai contar com um representante na passagem do mais importante símbolo das Olimpíadas e Paralimpíadas por Campo Grande, neste sábado (25).
 
Ex-presidente da LEA (Liga Esportiva Aquidauanense), Fernando dos Anjos foi escolhido para ser um dos esportistas a carregar a Tocha Olímpica. Assim como os demais escolhidos, ele fará um percurso de 200 metros pelas ruas da capital sul-mato-grossense. Identificado pelo número 077, terá como ponto de partida a Rua do Cruzeiro, 480, na Vila Carlota. Para fazer bonito no trajeto, mesmo em dias de frio na região, ele tem realizado caminhadas pela Avenida Pantaneta e treinos na Academia da Melhor Idade.
 
?É gratificante esse reconhecimento, a gente faz as coisas sem esperar nada em troca, mas quando isso acontece, como agora, nossa, é muito bom, é um momento especial e o coração da gente bate mais forte", comemora Fernando dos Anjos. Ele foi selecionado por meio do concurso nacional "Quem se atreve", promovido pela Nissan, no qual contou a sua história como presidente da LEA, no período de 1980 a 1983.
 
No texto, o aquidauanense relatou a experiência de ter trazido para o município o projeto ?Esporte Para Todos? e os campeonatos Infanto-Juvenil e Amador de Futebol, que resultaram na formação de muitos atletas. Os praticantes do esporte nas vilas da cidade foram contemplados, à época, com material esportivo. Na efetivação do Campeonato Amador, contava com a ajuda da família, especialmente sua mãe e irmã, e com o trabalho voluntários de esportistas como os senhores ?Dito? e ?Cardoso?.
 
Tocha Olímpica em Mato Grosso do Sul
 
A partir desta sexta-feira (24), Mato Grosso do Sul recebe o símbolo do maior evento esportivo do mundo, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A chama olímpica percorrerá, em três dias, nove cidades do estado - Bonito, Campo Grande, Sidrolândia, Maracaju, Rio Brilhante, Itaporã, Dourados, Nova Andradina e Bataguassu.
 
A Tocha Olímpica desembarca nesta sexta-feira (24) na capital sul-mato-grossense, onde pernoitará. Neste sábado (25), em uma operação especial, segue de helicóptero para Bonito, onde percorrerá alguns atrativos turísticos pela manhã. No período da tarde, tarde retorna a Campo Grande e inicia o revezamento oficialmente em Mato Grosso do Sul, percorrendo alguns dos principais cartões-postais da cidade.
 
No domingo (26), continua em Sidrolândia, passa por Maracaju, Rio Brilhante, Itaporã e finaliza o revezamento em Dourados, onde a tocha olímpica pernoitará. Na segunda-feira (27), o revezamento continua em Nova Andradina e encerra no município de Bataguassu.
 
Saiba mais sobre cada um dos destinos.
 
Bonito
Um dos mais belos cartões-postais do Estado ? e do País ? fica aqui. Bonito é considerado o melhor destino para mergulho fluvial brasileiro. O programa principal é fazer uma flutuação em lugares como o Rio Sucuri, de águas transparentes e reflexos azulados, ao lado de peixes como dourados, curimãs e piraputangas. A natureza surpreende também na Gruta do Lago Azul, com idade estimada em 10 milhões de anos.
 
Campo Grande
Campo Grande é uma verdadeira união de culturas. Para conhecê-la, vale visitar o Parque das Nações Indígenas, um espaço para caminhadas que abriga capivaras, araras e tucanos. Por lá também estão dois museus: o de Arte Contemporânea e o Dom Bosco, com artefatos indígenas, coleção de minerais e animais empalhados. Delícias pantaneiras misturam-se às influências dos imigrantes paraguaios, bolivianos e japoneses na cozinha do Estado. Do Paraguai vieram a chipa, um pão de queijo em forma de ferradura, e a sopa paraguaia, uma torta salgada e úmida que leva queijo curado, cebola, milho e leite.
 
Dourados
Cidade plana, habitada por povos oriundos de vários Estados brasileiros e de outros países como Paraguai, Japão e Líbano, é chamada de ?Cidade de Todos os Povos?.  Dourados sedia várias festas tradicionais, entre elas, a Festa do Peixe, na Semana Santa; a Expoagro, em maio; e a Japão Fest, em novembro.
 
Bataguassu
Bataguassu é conhecida como cidade portal do Mato Grosso do Sul. Um dos principais atrativos turísticos é o lago da usina hidrelétrica. A região também é conhecida como o reduto do Tucunaré, espécie de peixe encontrado no rio Pardo.
 
Itaporã
A escultura gigante de um peixe da espécie pintado na cidade chama a atenção de quem passa por lá. Entre os principais eventos, está a Expoita, tradicional festa cultural no mês de setembro para quem deseja degustar deliciosos pratos à base de peixe e de outras comidas típicas.
 
Maracaju
A inovação tecnológica da produção agropecuária do município atrai turistas internacionais, que buscam conhecer a ciência da integração lavoura e pecuária no Showtec, um dos maiores eventos tecnológicos do país.
 
Nova Andradina
Eventos como a Exponan (Exposição Agropecuária, Industrial e Empresarial de Nova Andradina) atraem um intenso fluxo de visitantes à cidade. Entre os principais atrativos, estão a Praça Teutly Soares Leitão e o Museu Municipal Antônio Joaquim de Moura Andrade, que preserva a memória de Nova Andradina.
 
Rio Brilhante
A cidade conta com um legado histórico e cultural preservado na arquitetura de fazendas históricas. A Praça Doutor Boaventura, no Centro, é o cartão-postal. Já na Casa do Artesão, localizada na praça, são expostos os trabalhos produzidos pela comunidade. Rio Brilhante é conhecido como a Capital do Chamamé, estilo musical da região.
 
Sidrolândia
Município típico de interior que cultua um estilo de vida ao ar livre. As praças públicas e os jardins garantem a qualidade de vida e a sustentabilidade da cidade. A Expo Sidrolândia (Exposição Agropecuária), o Laço Comprido, a Expo Flores (Exposição de Orquídeas) e a tradicional festa da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Abadia, são eventos consolidados no município e atraem pessoas de todo o Estado.

da Redação