PMA prende pescador comercializando 47 kg de pescado ilegal em pesqueiro próximo ao rio Miranda

18/08/2016 07:04


Policiais Militares Ambientais do Distrito de Águas do Miranda, em Bonito receberam denúncias, de que um homem estaria realizando comércio de pescado ilegalmente em um pesqueiro, localizado às margens do rio Miranda, no município de Anastácio.
 
A PMA foi ao local e confirmou a veracidade da denúncia. O denunciado residente no próprio pesqueiro possuía 47 kg de pescado armazenados em dois isopores e teria vendido outra quantidade que não soube informar. Ele não era pescador profissional e também não possuía autorização para comercializar pescado e ainda o pescado não tinha origem.
 
A PMA considerou o infrator como pescador amador e, dessa forma, ele poderia capturar a cota de 10 kg mais um exemplar e cinco exemplares de piranha. Portanto, o pescado apresentava-se em quantidade superior à cota permitida por lei, a que ele poderia capturar, pois foram apreendidos 19 exemplares de pacu, pesando 40 kg, 6 kg de peixes da espécie piraputanga e 1 kg de piapara.
 
O infrator, de 59 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Anastácio, juntamente com o material apreendido, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de prisão. O infrator também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.700. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Da Redação