Forças de segurança recebem mais de R$ 14,1 milhões em investimentos do MS Mais Seguro

21/12/2016 08:09


Mais de R$ 14,1 milhões em equipamentos, armas e viaturas foram entregues nesta terça-feira (20), pelo governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa às forças de segurança, em solenidade realizada na praça Ary Coelho, em Campo Grande.
 
As entregas fazem parte da terceira etapa do MS Mais Seguro, o maior programa da segurança pública da história de Mato Grosso do Sul. ?Nunca se investiu tanto em segurança como agora e o Estado fecha o ano de forma muito positiva com esses investimentos, salários e promoções em dia, mostrando o comprometimento do Governo com a segurança e os servidores?, disse o secretário José Carlos Barbosa.
 
Foram entregues hoje mais 45 viaturas de 4 rodas para a Polícia Militar, sendo 17 do Ministério da Justiça e Cidadania, oriundas da contrapartida da cedência de policiais para os Jogos Olímpicos do Rio de 2016. Um total de 60 armas para a Polícia Civil e para o Corpo de Bombeiros, 15 Unidades de Resgate e 24 veículos Auto-Salvamento, sendo 2 deles também legado dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, totalizando R$ 14.195.860,30 em investimentos.
 
De acordo com Reinaldo Azambuja até o mês de março do próximo ano serão entregues mais R$ 60 milhões em viaturas e equipamentos que estão em licitação, beneficiando todas as forças de segurança. ?Serão 697 novas viaturas e 4 mil armas para fortalecer as instituições e estruturar a segurança pública que é prioridade do nosso Governo?, destacou o governador.
 
Os recursos já aplicados no Programa MS Mais Seguro ultrapassa R$ 32,1 milhões, sendo que na primeira etapa foram R$ 6,8 e na segunda R$ 11,1 milhões que somados as entregas de hoje equipam e modernizam a segurança pública, atendendo assim uma das principais necessidades das forças de segurança e da população sul-mato-grossense, destinatária dos serviços prestados.
 
Para o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Esli Ricardo de Lima, a segurança pública de Mato Grosso do Sul vive um novo momento com o programa MS Mais Seguro, que vem transformando a realidade das instituições. ?Hoje temos condições de prestar melhores serviços à população, chegando mais rápido até as vítimas e salvando vidas?, pontuou Esli.
 
O total de investimentos no ?MS Mais Seguro? irá ultrapassar R$ 96,6, sendo R$ 78,8 milhões em recursos próprios, R$ 1,6 milhão de emendas parlamentares e  R$ 15,9 milhões provenientes do Governo Federal, por meio Ministério da Justiça e Cidadania, que serão investidos na modernização do sistema de radiocomunicação das polícias e bombeiros do Estado.
 
Contratações e promoções
 
Dentro da estratégia do MS Mais Seguro de fortalecer as instituições de segurança, já foram contratados pelo Governo do Estado 1.776 novos homens e mulheres, sendo 937 deles para a Polícia Militar, 438 para Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), 237 para a Polícia Civil e 164 para o Corpo de Bombeiros.
 
Também foram realizados 3.219 cursos de formação e promovidos a um posto acima na carreira 2.763 policiais militares, 1.046 agentes penitenciários, 581 policiais civis e 484 oficiais e praças da Polícia Militar. Além disso, o Governo do Estado já autorizou a realização de concurso público para contratar novos policiais civis e militares para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.
 

Notícias MS