Com movimentos afetados Ronaldo Régis não sabe quando volta ao Rádio

Comunicador está com epicondilite e bursite de cotovelo

23/02/2017 11:34


Epicondilite e Bursite. Esses nomes estranhos estão relacionados a dois problemas de saúde muito comuns nos dias atuais, ambos causados por movimentos repetitivos. Os incômodos, contudo, são tão grandes, que pode afastar uma pessoa dos cenários comuns do dia a dia. Foi o que afastou o comunicador Ronaldo Regis  de seu programa radiofônico diário ?Primeira Hora?, na FM América.
 
?A epicondilite lateral, está relacionada a movimentos repetitivos com o punho e dedos especialmente na ação de digitar, nos exercícios de musculação e até nos movimentos de usar uma chave de fenda?,  diz ao O PANTANEIRO a Dra. Tania Nassar, de Campo Grande. Lembra que a doença também é conhecida como ?cotovelo de tenista?, embora não se limite apenas a quem pratica este esporte.  Como afeta de 1% a 3% das pessoas, um amigo lembra que ?Ronaldo é um baita de um azarado!?.
 
Ele pode estar certo, pois o diagnóstico de bursite de cotovelo, que é um traumatismo resultante do hábito de apoiar os cotovelos sobre algum plano duro, inviabiliza o envolvimento de Ronaldo em ações que estão presentes na sua história há décadas, especialmente escrever os textos que leva ao ar para milhares de ouvintes. Ou seja, além dos dedos, os braços apresentam dores. Mas, Ronaldo tranquiliza todos: ?Em breve estarei de volta!?.  Dra. Tania, nossa consultora, também acredita. E recomenda todo cuidado aos leitores a não se apoiarem excessivamente sobre os cotovelos, alertando para os danos a produtividade gerados pelas duas anomalias físicas.

Da Redação