Homem é condenado a 14 anos de prisão por matar mãe e filha em acidente de trânsito

27/02/2017 14:35


Foi condenado a 14 anos de reclusão em regime fechado pela prática do crime de homicídio qualificado, Odenir Rodrigues dos Santos, de 39 anos.
 
O réu conduzia uma caminhonete que se chocou contra Roselene Temoteo Labegallini e Mayra Temoteo Carvalho em 1º de novembro de 2015, na cidade de Nova Andradina, quando mãe e filha cruzavam a entrada do Jardim Universitário em uma motoneta, na rodovia MS-134. Segundo a perícia, Odenir Rodrigues dirigia alcoolizado e em alta velocidade.
 
O julgamento, que durou mais de sete horas, teve a acusação e defesa expondo suas teses. Em seguida, os jurados reconheceram que, ao dirigir em alta velocidade (134 km/h), na contramão de direção e após ingerir bebida alcoólica, o acusado assumiu o risco de praticar o fato em questão.
 
O plenário do Tribunal do Júri de Nova Andradina ficou lotado com parentes das vítimas, amigos, parentes do réu e amigos, estudantes de direito e populares.
 
O Júri foi presidido pelo Juiz de Direito, José Henrique Kaster Franco, onde teve como acusação o Ministério Público Estadual, representado pelo Promotor de Justiça, Fabrício Secafen Mingati e na defesa, o advogado Jezualdo Galeski.
 
À época do acidente, o condutor se apresentou à polícia acompanhado de advogado quatro dias depois da ocorrência. Atualmente, Odenir encontrava-se preso. A prisão preventiva foi determinada em 7 de junho de 2016, após o condutor ser flagrado dirigindo novamente sob efeito de álcool.

Elizete Alves/Jornalista ? Assecom MPMS