Prejuízo milionário

PF deflagra operação contra desvios de recursos em MS, PR, SP e RS

Foram cumpridos 19 mandados judiciais, sendo seis mandados de busca e apreensão, cinco de prisão temporária e oito de condução coercitiva

03/03/2017 12:11


A Polícia Federal deflagrou nesta manhã  a segunda fase da Operação Research, que teve sua primeira fase no último dia 15. Nesta fase o foco da investigação criminal é a prisão do núcleo de pessoas que agia com o objetivo de desviar recursos públicos, a título de bolsas, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em conluio com duas servidoras públicas, que foram presas preventivamente na primeira fase.

Cerca de 50 Policiais Federais e servidores do Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria Geral da União (CGU) cumpriram 19 mandados judiciais, sendo seis mandados de busca e apreensão, cinco de prisão temporária e oito de condução coercitiva nas cidades de Curitiba (PR), Campo Grande, Sorocaba (SP) e Erechim (RS).

Nesta fase também estão sendo cumpridos mandados de condução coercitiva contra outros três supostos bolsistas, antes desconhecidos da investigação, dentre outros envolvidos no esquema fraudulento. A autoridade responsável pela operação, Delegado Felipe Hayashi, informou que um ex-candidato a vereador foi conduzido coercitivamente na Capital Sul-Mato-Grossense.


Da Redação