Violência

Grupo é assaltado, persegue e agride suspeito, que morre no hospital

17/03/2017 16:11


Um assalto terminou em morte durante a madrugada em Campo Grande. Um grupo de jovens teria sido roubado por dois criminosos, no bairro Tiradentes. Uma das vítimas decidiu perseguir os assaltantes e os encontrou no Jardim Noroeste.

Houve um acidente de trânsito, seguido de uma briga entre vítima e suspeito. Rodrigo Oliveira Gutierrez, 24 anos, um dos supostos assaltantes, foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência e Emergia), mas morreu no hospital.

De acordo com a Polícia Civil, tudo começou no fim da tarde de quarta-feira (15), quando três adolescentes e um jovem de 18 anos teriam sido assaltados na Lagoa Itatiaia, no bairro Tiradentes. 

Era por volta das 18h. Os jovens contaram que estavam sentados em um dos bancos da lagoa, quando dois homens chegaram em uma moto e anunciaram o assalto, levando os celulares de todos.

O grupo deixou o local depois que os assaltantes fugiram, mas um dos garotos diz que passou na residência de um primo e os dois decidiram ir atrás dos bandidos. O jovem contou que logo após saírem de casa, encontraram dois rapazes com as mesmas características dos assaltantes, saindo de uma casa no Tiradentes.

Eles teriam seguido os assaltantes, mas os perderam de vista, e só depois de parar em um bar, conseguiram a informação de que os supostos assaltantes estariam no bairro Noroeste.

Conforme o boletim, ao chegarem no bairro, os jovens teriam visto os suspeitos saindo de uma residência e os perseguiram até chegar numa rua ao lado da Penitenciária de Segurança Máxima. No local, os dois teriam emparelhado o veículos em que estavam junto a moto dos suspeitos. Um dos homens desceu do veículo e conseguiu fugir, o outro teria continuado em fuga, até bater em um muro na Rua Vaz de Caminha.

Ainda segundo o registro, a vítima disse que desceu do veículo em que estava e, com a ajuda de populares, agrediu o suspeito. Depois disso, a vítima do assalto teria chamado o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) para socorrer o suposto ladrão, que estava bastante ferido.

Rodrigo Oliveira Gutierrez foi encaminhado ao posto de saúde do bairro Tiradentes, mas, devido a gravidade dos ferimentos, precisou ser transferido para a Santa Casa, onde morreu por volta das 5h da madrugada desta quinta-feira (16).

O caso foi registrado como roubo, lesão corporal dolosa, além de morte a esclarecer, e será investigado pela Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos). Conforme a polícia, Rodrigo já tinha passagens por roubo, furto e homicídio doloso.


Luana Rodrigues - Campo Grande News