Doidas...

Assassinato de travesti é desvendado pela Polícia

Briga por ponto foi o fator determinante

23/03/2017 07:29


A Polícia de Dourados, a 324 quilômetros de Aquidauana, desvendou, ainda nesta quarta-feira, 22, a morte de Marciano Ferreira dos Reis, 40, conhecida como Paolla Pracho, vitima de assassinato ocorrido durante as madrugada, na região central da cidade.

Durante a tarde, policiais civis do Serviço de Investigações Gerais, SIG, prenderam três travestis: Marcelo  Flávio Gomes Pineiro, 23; Leandro Daniel Sena, 25 e Jullyan Luccyan de Oliveira Mendes, 24, responsáveis pelo assassinato juntamente com outras três participantes, já identificadas.

Paolla recebeu  12 facadas nas costas, duas na nuca e mais três na região do tórax, desferidas pelas próprias colegas, numa briga gerada por ponto de prostituição.  A região onde o fato ocorreu, na Avenida Joaquim Teixeira Alves, nas proximidades do Banco Bradesco, reúne grande concentração de travestis no período noturno.

 


Redação