Orçamento doméstico

Contas de luz vão ficar até 7% mais caras em abril , estima Concen

Reajuste anual está previsto no contrato de concessão da Energisa MS

23/03/2017 07:48


Os consumidores de energia elétrica atendidos pela Energisa MS terão as contas de luz reajustadas a partir de abril, conforme a data-base prevista no contrato de concessão da empresa que fornece energia para a maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul, incluindo Aquidauana. 

De acordo com a presidente do Concen (Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa MS), Rosimeire Cecília da Costa, a expectativa é que o índice fique abaixo dos 7% e o percentual final deve ser decidido em reunião prevista para ocorrer no dia 4 de abril, entre os diretores da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Rosimeire afirma que a expectativa é que o índice fique abaixo de 7%, considerando a composição que leva em conta a devolução de R$ 1,8 bilhão pagos pelos consumidores e reconhecidos como indevidos (referentes à Angra III), além da redução de 24% do orçamento da CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) – fundo que serve para subsidiar programas como a tarifa social, que concede descontos na conta de luz para famílias de baixa renda.

Também entra na composição a indenização de R$ 62,2 bilhões às transmissoras, que já começa a ser paga pelos consumidores e deve ser paga nos próximos oito anos. “É óbvio que se havia um valor a ser pago deveria ter entrado no mesmo pacote das indenizações às geradoras. O governo erra, deixa gerar um rombo e quem paga a conta é o consumidor”, diz Rosimeire.


Da Redação