Aquidauana

Perícia libera corpos de assaltantes mortos durante confronto em Aquidauana

Um deles é do Mato Grosso e será velado no município

20/07/2018 16:42


A perícia técnica liberou os corpos de José Donizeti da Silva, de 52 anos, e Rosival Fernandes da Cruz, 50, mortos em confronto com o Batalhão de Choque da Polícia Militar na manhã de quarta-feira, durante tentativa de roubo de aeronave em uma fazenda na zona rural de Aquidauana. 

Conforme apurado, o corpo de José Donizeti, que é natural de Nova Andradina, foi liberado ontem. Já o de Rosival, que é de Rondonópolis (MT), como a família não tem condições de arcar com as despesas do translado, está sendo velado na capela da Pax Vida, em Aquidauana, e deve ser enterrado amanhã, no cemitério municipal.

Os fatos

Conforme á divulgado, José Donizeti e morreram em confronto com o Choque. Os fatos ocorreram por volta das 6 horas de quarta-feira, em fazenda localizada via rodovia MS-170. O proprietário da fazenda estava com os aviões à venda, mas desconfiava da atitude de um grupo que vinha mantendo contado. Ele informou um amigo policial civil que compartilhou os dados com outras autoridades. Diante da possibilidade, o Choque descobriu o plano e foi à fazenda.

Os policiais fizeram a segurança do local e conversaram com o caseiro, explicando a situação. Por volta das 6 horas, Donizeti e Rosival chegaram em um Gol prata, se aproximaram do hangar e passaram a manusear os aviões. Neste instante os policiais se aproximação, momento em que a dupla passou a atirar. 

Cada um deles portava um revólver calibre 38. Diante da ameaça, os policiais revidaram e os balearam. A dupla chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Rosival estava com mandado de prisão em aberto.  José Carlos Neto Cabreira, que seria o mandante, foi preso em Campo Grande.

Colaborou Luiz Guido Jr.


Da Redação