Política

Odilon diz que aguarda PDT nacional, mas tem liberdade para apoiar um presidenciável

Odilon esclareceu que não declarou apoio a nenhum dos dois presidenciáveis até o momento, que as conversações estão acontecendo

10/10/2018 15:19


Em entrevista à Radio Capital FM, na manhã desta quarta-feira, 10, o candidato ao governo do Estado pelo PDT, juiz Odilon de Oliveira, disse que a direção nacional de seu partido deve anunciar hoje a decisão sobre o apoio a eleição presidencial, mas que ele está livre para tomar seu posicionamento, a ser anunciado depois da direção pedetista.

Questionado sobre o fato de seu vice Pastor Marcos Vitor estar divulgando nas redes sociais a inauguração do comitê do PRB para fazer campanha em prol do candidato Jair Bolsonaro, do PSL, Odilon disse que o vice já estava liberado para esse posicionamento, uma vez que o seu partido decidiu apoio ao Bolsonaro. “Vou aguardar primeiro o anúncio do meu partido, mas adianto que a decisão da nacional não vai interferir no meu posicionamento”, explicou.

Odilon esclareceu que não declarou apoio a nenhum dos dois presidenciáveis até o momento, que as conversações estão acontecendo. No programa O povo na TV, no SBT MS, no final da manhã de hoje, ele voltou a reiterar que vai aguardar a decisão do PDT, que deve ser divulgada na tarde desta quarta-feira, mas adiantou que já teria posição tomada, a ser anunciada em seguida.


Assessoria