Fiscalização

Três fazendeiros são multados pela PMA por desmatamento em Terenos

Os desmatamentos verificados por imagem de satélites ocorreram em 2015 e havia pastagem no local

13/10/2018 08:19


A Polícia Militar Ambiental multou três fazendeiros por desmatamento. A equipe realizava trabalhos preventivos à pesca predatória na região da Ponte do Grego em Terenos,  durante a operação Padroeira do Brasil e percebeu diminuição no número de pescadores no rio Aquidauana, possivelmente em razão das chuvas. Por isso, realizou ontem (12) vistorias relativas à operação Cervo-do-Pantanal, contra o desmatamento ilegal, em três áreas de desmatamentos próximas, localizadas no Assentamento Patagônia, no mesmo município.

Um infrator de 82 anos residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente em R$ 3.210,00, pelo desmatamento de 3,21 hectares; outro de 66 anos, residente em Sidrolândia foi autuado em R$ 2.490,00, pelo desmatamento de 2,49 hectares e, um terceiro infrator, de 42 anos, residente no assentamento, foi autuado em R$ 1.440,00, pelo desmatamento de 1,44 hectares. As áreas desmatadas foram medidas com uso de GPS.

Os desmatamentos verificados por imagem de satélites ocorreram em 2015 e havia pastagem no local. A madeira das árvores derrubadas não se encontrava nos locais fiscalizados. Os Infratores responderão por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. Eles também rural foram notificados a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.


Da Redação