Fronteira

Dona de empresa de contabilidade, grávida, é executada a tiros na fronteira

De acordo com o Porã News, a vítima é a brasileira Elisandra Aranda Maldonado

14/10/2018 11:01


A proprietária de uma empresa de contabilidade, que estava grávida, foi executada a tiros na manhã deste sábado (dia 13) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã (MS). De acordo com o Porã News, a vítima é a brasileira Elisandra Aranda Maldonado, 38 anos.

Ela, que estava em um SUV Ssa Yong Corando, foi morta quando saía de feira livre na avenida Tenente Herrero, esquina com a rua Perpétuo Socorro, no Centro da cidade paraguaia. A vítima foi abordada por um casal que estava numa motocicleta. Foram nove disparos de pistola calibre 9 milímetros.

Conforme investigadores da Divisão de Homicídios, Elisandra era proprietária da empresa de contabilidade “Aliados”, localizada em Pedro Juan Caballero, e estava grávida. O caso pode ter relação com um ajuste de contas do crime organizado na região de fronteira.


Com informações do Campo Grande News