Visita oficial

Temer cancela visita a MS e ministro da Educação o substitui na viagem ao estado

Ministro autoriza reforma em escola tradicional da Capital

12/11/2018 09:33


O presidente Michel Temer cancelou a visita oficial que faria a Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (13) para autorizar o início da reforma da EE Lúcia Martins Coelho. O dirigente será representado pelo ministro da Educação, Rossieli Soares. 

Considerada uma das unidades de ensino mais tradicionais de Campo Grande, a EE Lúcia Martins Coelho passará por obras de restauração e melhorias. Acompanhado de Rossieli, o governador Reinaldo Azambuja autoriza o início do trabalho.

A cerimônia será realizada com as autoridades às 10h na própria escola, que fica na rua Bahia, 355 Jardim dos Estados. Também está confirmada a presença da secretária de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul, Maria Cecília Amendola da Motta.

Com 260 alunos matriculados, a EE Lúcia Martins Coelho atende na modalidade Ensino Médio em Tempo Integral – programa Escola da Autoria. No último relatório do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), a unidade alcançou nota de 5,4 – índice muito acima da média nacional das escolas estaduais, que é 3,5.

Para revitalizar todo o prédio serão investidos mais de R$ 2,9 milhões. Do total de recursos, R$ 2,1 milhões são exclusivos do Governo do Estado.

EE José Barbosa Rodrigues

Outra unidade escolar de Campo Grande que receberá a visita das autoridades é a EE José Barbosa Rodrigues, que está localizada na rua Elesbão Murtinho, 856 Universitário. Às 11h30, o governador e o ministro irão oficializar a entrega da obra de ampliação e reforma do prédio.

As obras iniciaram em novembro de 2017 e terminaram em setembro deste ano. Foram investidos R$ 1,4 milhão, sendo R$ 368 mil do Estado. A unidade recebeu reforma dos banheiros, construção de sala de convívio para professores, ampliação da cozinha e refeitório, troca do sistema de iluminação e pintura.

Estão matriculados na unidade escolar aproximadamente 420 estudantes. A escola também atende na modalidade do Ensino Médio em Tempo Integral – programa Escola da Autoria.


Redação com Assessoria