Aquidauana

Filhas fazem rifa para custear tratamento de câncer do pai

Diagnosticado com câncer no estômago, Isaias não pode mais trabalhar e filhas arca com todas as despesas, além do auxílio no tratamento

05/11/2019 16:29


A timidez de Isaias Cardoso dos Santos  fez com que O Pantaneiro entrasse em contato com sua filha. Diagnosticado com câncer no estômago há desde março deste ano e sem dinheiro para o tratamento, a família viu na rifa a chance de conseguir o valor que precisa para amenizar os custos.

“Ele começou a sentir uma dor em novembro do ano passado, aí ia direto no posto. Uma hora o médico pediu uma endoscopia, fez a biópsia e confirmamos a doença. Meu pai sempre trabalhou em fazenda, foi autônomo. Com a doença ele foi ficando cada fez mais fraco e não consegue mais trabalhar, aí eu e minha irmã tivemos essa ideia”, conta a filha mais velha Maria Aparecida Santos Cardoso.

A rifa, que será sorteada no dia 15 de novembro custa R$10, e tem como prêmio uma cesta básica, R$ 100 em dinheiro, um vale gás, 1 pacote de carne e 10kg e um bolo confeitado. “Eu e minha irmã trabalhamos no frigorífico e foram eles quem nos ajudaram. Como eu ganho uma cesta de lá, vou dá-la para ser rifada, os pecuaristas nos ajudaram com a carne, uns amigos com o bolo, o dinheiro e minha mãe deu o vale gás”, conta.

Pai de quatro filhos, as duas meninas são as que se revezam por levar o pai na quimioterapia a cada 15 dias em Campo Grande e nos demais gastos. “A gente vai com o ônibus da prefeitura pra Campo Grande a cada 15 dias. Geralmente a quimio dele dura 48horas, então vamos na segunda e voltamos na quarta à noite. Com isso, gastamos com a alimentação e isso pesa pra gente”.

Rifa custa R$10 e será sorteada no dia 15 de novembro, no Frigorífico Buriti

No entanto, Maria fala que o custo maior é com os gastos da casa de seu pai. “Temos muito gasto no remédio, porque alguns são bem caros e chegam a custar R$ 60 a R$ 70. Ele precisa ter uns quatro tipos de remédios. Além disso, ele mora na casa em frente a minha irmã, então almoça e janta lá, mas a água, a luz somos eu e ela que juntamos e pagamos. Ele não tem renda e não tem condições de trabalhar. Com a doença ele está fraco e perdeu uns 30kg. Minha irmã e eu ajudamos, mas temos a nossa família, filhos e fica um pouco pesado pra gente, foi por isso que tivemos essa ideia”

Maria conta que no próximo dia 12 o pai terá consulta e passará por uma nova bateria de exames. “O médico marcou 12 sessões, mas pediu que na sexta sessão quer saber como o organismo dele está reagindo a quimio, por isso ele fará os exames. Se diminuiu ele poderá operar, senão terá q fazer mais quimio e radio para continuar o tratamento", explica

Quem quiser comprar a rifa, pode entrar em contato através do número da Maria 99688-5980 ou do Isaias  99634-4096.

 


Mariana Oliveira