Piracema

Funileiro de Aquidauana é autuado em R$ 1,3 mil por pesca acima da cota

Ele afirmou que teria comprado o pescado na Ilha do Pescador de um desconhecido

15/11/2019 12:24


Policiais Militares Ambientais de Aquidauana, que trabalham na operação piracema, realizavam fiscalização ambiental em prevenção à pesca predatória na região conhecida como Ilha do Pescador, na madrugada desta sexta-feira (15) e receberam informações, de que um homem deslocava-se em sentido à região central da cidade com pescado em uma motocicleta.

Às 5h30, os Policiais localizaram e abordaram o veículo motocicleta Honda Fan 125, no bairro Guanandy e, em uma sacola, encontraram dois exemplares de peixes, sendo um da espécie pintado, pesando 9 kg e outro da espécie cachara, pesando 6 kg, ambos com sinais de terem sido capturados com uso de rede de pesca (petrecho proibido) e no período de defeso.

Além disso, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, que é de 5 kg, mais um exemplar e cinco exemplares de piranha.Os peixes e o veículo foram apreendidos.

O infrator (34), um funileiro, residente em Aquidauana, afirmou que teria comprado o pescado na Ilha do Pescador de um desconhecido. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de transporte de produto da pesca predatória.

A pena é de um a três anos de detenção. O infrator também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.300,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.


Redação