Discussão

Piracema termina no sábado, mas regras para pesca ainda não foram divulgadas

O plano era cota zero, mas empresas de turismo e o MPF querem flexibilizar o projeto quem vive da pesca

27/02/2020 16:42


Nesta sexta-feira (28) será o último dia de piracema em Mato Grosso do Sul, porém as novas regras para pesca ainda não foram divulgadas pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), deixando os apaixonados pela pesca apreensivos.

Conforme informou a administração do Rancho Pirapora, conhecido em Aquidauana pela prática de pesca esportiva, ainda não há nada certo, mas tudo indica que será “cota zero”, ou seja, pegue e solte.

Para que o pescador esteja legalizado, é necessário que tenha uma carteirinha, onde especifica o tipo de modalidade realizará. No sistema na Semagro ainda só está disponível a prática de pesca esportiva.

Caso isso prevaleça, os pescadores não poderão transportar exemplares de peixes, apenas consumir em pesqueiros e barcos autorizados.

Data limite

No começo deste mês, durante a cerimônia de abertura das atividades da Assembleia Legislativa, o secretário titular da Semagro, Jaime Verruck, informou ao Campo Grande News que os novos decretos estariam disponibilizados antes mesmo do Carnaval.

Conforme explicou a reportagem, pelo decreto publicado em 2019, para vigorar em 2020, só seria permitida a pesca amadora no sistema pesque e solte e com a modalidade esportiva completamente proibida.

Após pressão de empresas de turismo e do Ministério Público Federal, a proposta foi descaracterizada. O projeto em análise prevê, em vez da cota zero, o direito a cada pescador de transportar um exemplar de peixes nativos, de qualquer peso, mas com limite de tamanhos, além de cinco piranhas.

 


Kamila Alcântara