Região

Polícia investiga morte de bebê recém-nascido em hospital de Corumbá

Corpo da criança estava enrolado em meio a lençóis sujos e formigas no necrotério

08/03/2020 07:32


A Polícia Civil de Corumbá investiga a morte de um recém-nascido ocorrida neste sábado (07). A família denunciou o caso depois de se deparar com o corpo da criança enrolado em meio a lençóis sujos e formigas no necrotério da Santa Casa da cidade.

A criança nasceu no último dia 4, com  Icterícia, doença caracterizada por uma coloração amarela na pele ou nos olhos causada pelo excesso de bilirrubina, uma substância criada quando os glóbulos vermelhos se rompem.

A situação piorou e chegou a ser solicitado transporte da criança para Campo Grande, mas ela não resistiu e morreu na madrugada de sábado. A família foi informada e se deparou com o corpo do bebê em condições impróprias.

Por este motivo, foi acionada a polícia que registrou a ocorrência como morte a esclarecer. O objetivo agora é apurar as circunstâncias da morte da criança e tentar descobrir se houve negligência, o que não há indícios por enquanto.

Em nota, a Secretaria de Saúde de Corumbá informou que tomou conhecimento do ocorrido e que está acompanhando o caso junto à administração do hospital. “Ressaltamos que a administração municipal não é conivente com este tipo de atitude, e tem trabalhado constantemente pela humanização e pelo bom atendimento prestado ao munícipe”.

Por sua vez, a Associação Beneficente de Corumbá, responsável pela Santa Casa, disse que é referência neste tipo de atendimento na região e que vai instaurar sindicância para averiguar com cautela os fatos e, caso seja necessário, responsabilizar devidamente os envolvidos. “Mais uma vez lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com a dor dos pais e demais familiares, reafirmando o compromisso de prover a melhor assistência médico-hospitalar a toda população”.


Da Redação