Soluções

Associações buscam apoio político para ajudar no turismo em meio à pandemia

A associação Visit Pantanal representa 31 empresários de seis municípios da região

24/04/2020 15:25


Os empresários do setor de turismo da região se reuniram nesta quinta-feira (23) como deputado federal Luiz Ovando (PSL). O assunto da reunião era o de apresentar alguns pedidos e solicitar o apoio do deputado em possíveis ações que realmente possam ajudar quem vive desse mercado. A associação Visit Pantanal representa 31 empresários de Campo Grande, Bodoquena, Aquidauana, Bonito, Miranda e Corumbá. 
 
Além da Visit Pantanal, participaram da reunião: ABAV MS(Associação das Agencias de Viagens de MS) , CG destination(Convention Bureau de Campo Grande), IGR Rota Pantanal Cerrado, ABRASEL(Associação dos Bares e Restaurantes Bonito/Ms), ATRATUR (Associação dos Atrativos Turísticos de Bonito), ACERT(Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo). A reunião teve a presença de poucas pessoas respeitando as recomendações do Ministério da Saúde.

Luiz Ovando (PSL) também divulgou a reunião em suas redes sociais.

Durante a reunião o deputando se apresentou ao grupo e disse ser um grande parceiro do turismo, manifestou interesse em participar da comissão do setor na câmara federal com objetivo de ajudar a fortalecer a atividade. Segundo as instituições presentes, para quem sobrevive desse setor, as medidas para recuperação econômica exigem mudanças consideradas quase impossíveis, pois a situação é única e inesperada. As solicitações são os pleitos, considerado pelos empresários, como necessários para auxiliar de fato o setor a superar esse momento. 

“A atividade turística possui uma funciona em formato de cadeia, o produto é perecível ou seja, é um setor muito sensível a fatores externos como é o caso do COVID 19, por isso precisamos de medidas extremas para sobrevivermos a crise”, destacou  a associada da Vist pantanal, nessa reunião representando também a ATUPARK, Lejania Ribeiro. Além da carta contendo as dez demandas do grupo foi entregue ao deputado federal uma cópia da carta aberta envia ao presidente Jair Bolsonaro e cópia dos ofícios com demandas do setor enviados ao ministro do turismo pelo presidente do FORNATUR.

Dentre os pedidos do grupo durante a reunião estão, a solicitação do apoio do deputado em 2 Medidas provisórias que são importantes a todo setor turístico,  a facilitação de créditos com Fundo Garantidor e com pagamento à longo prazo e que esta seja uma opção para as empresas que estejam tanto adimplentes quanto inadimplentes. 

As demandas estão sendo avaliadas para que as solicitações sejam feitas. (foto: Divulgação)

A presidente da Visit Pantanal, Cristina Moreira comentou com o deputado Ovando sobre o apoio a fundo perdido que será dado às companhias aéreas para que não quebrem são muito boas, e que ações como essas seriam interessante para os demais segmentos também. É preciso fortalecer toda a cadeia, pois um depende do outro, assim como o transporte precisa do atrativo, o atrativo precisa dele para trazer seus turistas.

O setor do turismo no Mato Grosso do Sul é responsável por grande movimentação de renda, ampla geração de empregos diretos e indiretos, por isso sua operacionalização não é fácil e nem simples e possuem altos custos fixos, e muitas das empresas não possuem capital de giro suficiente para agüentar mais um mês, por isso o grupo tem pressa no atendimento das demandas e buscar o apoio federal é considerado estratégico nesse momento. Por ter essa característica em forma de cadeia, quando uma empresa turística quebra acaba impactando também diversos outros setores e conseqüentemente diversas famílias que dependem do turismo para sobreviver.

A reunião foi tranquiça e contou com representantes de 31 empresários. Todos seguindo normas de segurança em higiente (foto: Divulgação)

Na carta aberta, a associação destaca ainda que “o turismo no Pantanal é uma das mais importantes fontes geradora de emprego e renda da região e a suspensão das atividades tem um impacto imensurável, uma vez que não temos industriais, usinas ou outras fontes de emprego”.

Para a presidente da Visit Pantanal considerou a reunião  excelente, pois o deputado Ovando fez questão de ouvir todas as instituições presentes, leu todas as demandas que estavam no oficio entregue e ele nos garantiu que iria acionar o Presidente Jair Bolsonaro na próxima semana. A presidente disse que esse é mais uma articulação feita pela instituição, se aproximando do  governo federal em defesa da classe turística, para que ela seja ouvida e atendida. “Já temos o apoio da Senadora Soraya, do deputado Federal Ovando e continuaremos buscado apoio nessas esferas para que o setor turístico seja olhado com bastante carinho e atenção por nossas lideranças nesse momento de caos”, completou Cristina Moreira.


Redação