Aquidauana

Feminicida do Nova Aquidauana é preso 40 dias depois de matar ex-mulher

16/05/2020 11:05


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite desta sexta-feira (15), no Mato Grosso, Reinaldo Dei Carpes Rocha, de 39 anos, foragido a 40 dias após cometer o crime de feminicídio no Bairro Nova Aquidauana. Ariadni Oliveira Molina, de 26 anos, foi morta com um tiro no dia 3 de abril, deixando quatro filhos. Ela já possuia medida protetiva contra ele.
 
Reinaldo foi preso, de acordo com a delegada Joilce Ramos, da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), na região de Rondonópolis (MT), usando CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa. “A informação que a gente tinha é de que ele estava escondido na casa de um irmão em Várzea Grande e pedimos buscas lá”, explicou Joilce. Apesar da prisão, a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul avalia a necessidade de buscá-lo.

Com informações Campo Grande news