Bodoquena

Com bafômetro, números de acidente cai e prisões por embriaguez disparam

28/05/2020 11:08


Dados levantados pelo 3º Pelotão de Polícia Militar de Bodoquena mostraram queda brusca do número de acidentes de trânsito e aumento de prisões por embriaguez ao volante no Município. A mudança no cenário se deu após unidade receber equipamento para realização de testes de alcoolemia, um etilômetro, ou como é popularmente conhecido, bafômetro.

O equipamento vem auxiliando a polícia na formação do laudo técnico nas abordagens a motoristas a um mês e conforme a Polícia Militar, nesse período em que o etilômetro começou a ser operado, já é possível notar um comportamento diferente na população. Em comparação ao mesmo período do ano passado, houve uma queda de 80% dos acidentes de trânsito.

Já o número de prisões e autuações por embriaguez no trânsito cresceu exponencialmente. Em 2019, o batalhão realizou 4 prisões, número que passou a ser registrado por final de semana.

De acordo com o comandante do batalhão, tenente André Luiz Leonel o cenário mudou com a aquisição do equipamento. “Com o bafômetro passamos a ter uma prova de que o motorista ingeriu álcool, deixando de ser apenas uma avaliação do policial”, explica.

O número de notificações administrativas também aumentou, especialmente relacionadas a motoristas conduzindo veículos sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O bafômetro foi disponibilizado pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), após conversa entre prefeito Kazu Horii e Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, que atendeu pedido. A aquisição era uma preocupação da administração, tendo em vista a crescente demanda turística e do aumento do tráfego de veículos principalmente aos finais de semana.

Em nome do Batalhão de Polícia, o prefeito Kazu agradeceu ao secretário. “Com o equipamento daremos mais segurança aos motoristas e pedestres. Isso é possível graças a portas que estão sempre abertas para atender nossos pedidos, obrigado secretário”, disse.

Intensificação nas fiscalizações –

A PM tem intensificado as fiscalizações relacionadas à prevenção e repressão de crimes relacionados à embriaguez ao volante. O comandante Leonel ressalta a orientação de não dirigir após a ingestão de álcool. “É importante que cada condutor avalie as consequências e não insista na prática. Além de ser preso ou multado, ele pode colocar a vida de outra pessoa em risco, isso não é brincadeira. A segurança no trânsito depende de todos nós e garantida pelos órgãos de segurança pública conforme o Código de trânsito brasileiro e a constituição federal em seu art 144” finaliza.


Assessoria