Solidariedade

Aos 76 anos, costureira está produzindo máscaras e doando para quem não pode comprar

São 50 anos como costuras, experiência que trouxe a sensibilidade com as pessoas

29/05/2020 09:00


Alice Campozano de 76 anos, moradora do Bairro Alto em Aquidauana, decidiu ir contra a maré e não buscar formas de lucrar nessa pandemia, mas sim produzir máscaras e doar para as pessoas que não têm condições de comprar.

Com a pandemia do Coronavírus e a obrigatoriedade do uso da máscara, todos nós acabamos tomando esse objeto de proteção como parte da forma de se vestir. Com todas as disponíveis no mercado, quando melhor o tecido e bem feita a costura, mais confortável é.

Mas e como escolhe o conforto para o rosto se não há condições de comprar nem a que está disponível para proteção temporária? Que se descarta em duas horas de uso? Foram esses questionamentos que motivaram dona Alice a costurar e doar.



Segundo relatou a neta para O Pantaneiro, ela divulgou nas redes sociais a boa ação e desde então muitas pessoas estão procurando. Já foram doadas cerca de 50 máscaras, inclusiva algumas levadas para trabalhadores de Miranda.

Para quem deseja ajudar com essa ação, dona Alice também está comercializando as máscaras para as pessoas que podem pagar. Custa apenas R$4. A casa e ateliê de costura dela fica na Rua Antônio João, número 937, no Bairro Alto, pertinho da creche Bezerra de Menezes. 

 


Kamila Alcântara