Pandemia

UEMS permanece com atividades remotas até 31 de agosto

Unidade de Aquidauana deve definir horário de serviços essenciais

29/07/2020 09:25


Todas as unidades da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) vão permanecer com atividades administrativas de forma remota, além da sede em Dourados as outras 21 unidades universitárias, incluindo Aquidauana, permanecem assim até 31 de agosto conforme portaria publicada em conjunto com a Pró-reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRODHS) na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), seguindo as orientações do Comitê Multidisciplinar de Ações de Urgências e Emergências em Saúde (CAUES/UEMS).

Conforme divulgado pelo Governo do Estado, fica autorizada a "abertura de espaços para acesso dos servidores que necessitem exercer atividades essenciais na Sede e nas Unidades Universitárias, bem como, nos locais que serão utilizados para suporte tecnológico de acesso às atividades remotas pelos acadêmicos da UEMS".

Cada unidade deve definir os horários e a organização das escalas de revezamento dos servidores para atividades essenciais, seguindo as recomendações do plano institucional de biossegurança e as normas de segurança de cada Município.

A prorrogação se deve ao estado de emergência decorrente da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e ao avanço dos casos da doença em Mato Grosso do Sul registrados nos Boletins Epidemiológicos divulgados pela administração estadual. Segundo o governo, a portaria segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria do Estado de Saúde (SES). 

A Universidade disponibilizou os telefones de todos os setores que, no período de atendimento remoto, contam com a habilitação do serviço SIGA-ME, de modo a redirecionar chamadas diretamente aos servidores responsáveis. Caso não consiga se comunicar por ligação, utilize os e-mails. Confira a lista de contatos da UEMS clicando aqui.


DA REDAÇÃO