Região

Dupla é flagrada pescando por 'arrastão' no rio Miranda

18/08/2020 09:38


Policiais Militares Ambientais de Jardim realizavam fiscalização no rio Miranda e flagraram próximo da ponte da BR-419, a 5 km da cidade, dois elementos passando arrastão com rede de pesca (petrecho proibido) ontem (17) à tarde.  

Os pescadores, de 40 anos e 34 anos, residentes em Jardim que praticavam a pesca predatória, foram pegos no começo da pescaria e tinham capturado apenas 10 exemplares de curimbatá e um piau, pesando 6 kg, havendo vários exemplares abaixo da medida permitida. Considerando que mesmo que não tivessem capturado os peixes com o petrecho ilegal e fora da medida, ambos os casos considerados crimes, também estavam com pescado acima da cota permitida, que é de um exemplar de peixe nativo por pescador, o que também é considerado como crime. O pescado e a rede de pesca foram apreendidos.

Os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Jardim, onde eles foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e saíram depois de pagar fiança. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Eles também foram autuados administrativamente e multados em R$ 2.000,00.


Da Redação