Geral

Após morte por colisão causada pela fumaça na BR-262, PRF emite alerta para motoristas

28/09/2020 10:37


A fumaça resultante das queimadas que devastam o Pantanal já apresenta outros impactos para a população sul-mato-grossense. Ontem (27), ela pode ter sido a principal causa de um acidente entre caminhão e carreta, que levou a morte de um motorista, na BR-262, entre Miranda e Corumbá, mais precisamente entre o Buraco das Piranhas e a Ponte do Rio Paraguai.

Inicialmente, o trânsito foi parcialmente bloqueado por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que depois precisaram fechar a rodovia totalmente para evitar nova tragédia, por conta da falta de visibilidade.

Na manhã desta segunda-feira (28), a situação melhorou um pouco, mas ainda requer alguns cuidados essenciais por parte dos motoristas. A PRF emitiu novo alerta informando que ainda há bastante fumaça no trecho, porém sem focos de incêndio à beira da rodovia, exceto no Km 695.

Ao redor do Km 698, o trânsito de veículos ocorre no sistema pare e siga. Há, ainda, obras de recuperação na pista, onde equipes trabalham normalmente. Quem for pegar a estrada, conforme a PRF, deve ter cuidado redobrado com a baixa visibilidade, reduzir a velocidade, evitar ultrapassagens, mesmo em locais com a faixa tracejada.

Nos locais com foco à beira da pista, os motoristas não devem jogar o veículo para a faixa de sentido contrário, pois essa pode ter sido a causa do acidente de ontem.


Da redação