Sidrolândia

Jovem confessa que matou após discussão por causa de sexo em Sidrolândia

Vítima levou 11 facadas e teve corpo jogado em casa abandonada

12/12/2020 11:19


Jovem de 22 anos foi preso e confessou ter matado um desafeto, de 56 anos, após discussão envolvendo sexo na cidade de Sidrolândia.

Na tarde da quinta-feira (10), policiais civis da Delegacia da cidade estiveram, juntamente com a equipe da perícia, em uma casa abandonada localizada na Rua Distrito Federal, onde foi encontrado um cadáver.

Ao todo foram verificadas cerca de 11 perfurações por instrumento cortante. A vítima foi identificada como sendo um homem, de 56 anos.

Após a realização de perícia no local do homicídio, a equipe do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil em Sidrolândia, iniciou diligências em busca do principal suspeito.

Na manhã de sexta-feira (11), o autor, de 22 anos, foi encontrado nas imediações da Rua Distrito Federal, em uma casa abandonada, sendo preso em flagrante.

Em interrogatório ele confessou o crime, e afirmou que ocorreu por uma divergência em razão de uma relação sexual com a vítima.

Após ter desferido diversas facadas, o autor subtraiu dinheiro que estava com a vítima. Foi lavrado auto de prisão em flagrante pelos crimes de Latrocínio e Ocultação de Cadáver.

O autor encontra-se à disposição do Poder Judiciário.


Da Redação