Sidrolândia

Nova gestão quer implementar projeto Bombeiros do Amanhã

Tenente Souza Neto se reuniu com prefeita interina

08/01/2021 11:02


A nova administração de Sidrolândia está estudando como implementar o Projeto Bombeiros do Amanhã, desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBM-MS).

A prefeita interina Vanda Camilo, se reuniu na manhã desta quinta-feira (7) com o comandante do 18º Subgrupamento de Bombeiros Militar (SGBM) em Sidrolândia, Tenente Souza Neto.

Mesmo prestes a deixar o comando da unidade, que será assumido pelo Tenente Baumgardt, o militar apresentou à Prefeita o funcionamento do projeto e sua importância para a formação dos adolescentes participantes.

Durante a reunião, a prefeita interina disse que vai analisar a viabilidade do projeto. "A Prefeitura tem interesse em implantar o Bombeiros do Amanhã em Sidrolândia. Designamos as equipes jurídica e técnica para analisarem a viabilidade, e se recebermos o aval, a Gestão formalizará a parceria com o Corpo de Bombeiros para contemplar a sociedade com este projeto maravilhoso".

O Projeto Bombeiros do Amanhã

Baseado na Lei Federal n° 8.069 - Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) , a Unidade Bombeiros do Amanhã apresenta um conjunto de ações educativas e sociais, capazes de oferecer aos adolescentes inscritos na Unidade, a possibilidade de mudar o quadro em que se encontra, através do desenvolvimento de suas potencialidades, de sua integração como membro respeitado na sua comunidade e na família, aquisição de hábitos saudáveis e consciência de sua cidadania.

Tem como objetivo atender adolescentes entre de 12 a 15 anos , oportunizando aos mesmos a aquisição de conhecimentos técnicos e práticos necessários à aprendizagem e ao desenvolvimento de funções e ações, proporcionando ainda meios que possam favorecer comportamentos e convivências harmoniosas na família e na sociedade.

No período em que os adolescentes estão na unidade, os mesmos recebem noções básicas do serviço realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar MS como: combate a incêndio, primeiros socorros, aula de música (com integrantes da Banda de Música do Corpo de Bombeiros Militar), ordem unida, hierarquia e disciplina, natação, informática, cidadania e acidentes domésticos. Os adolescentes recebem também alimentação (café da manhã e almoço), atividades recreativas e culturais. 

Para ingressar no programa, é necessário que os interessados estejam estudando e, devido à grande demanda, é realizada uma avaliação onde se relacionam renda familiar e risco social.

 


Da Redação