Corumbá

Volume de chuva de ontem para hoje chegou a 68 mm em Corumbá

18/01/2021 15:15


O volume de chuva que caiu em Corumbá, com início logo nas primeiras horas da noite de domingo (17), até a manhã desta segunda-feira (18), correspondeu a mais de 35% da precipitação que causou enxurrada no dia 13 deste mês, quando casas foram inundadas e ruas ficaram intransitáveis.

Ao todo, conforme o CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), com pluviômetro na sede da Escola Municipal Almirante Tamandaré, o registro da precipitação pluviométrica foi de pouco mais de 68 milímetros. No dia 13 de janeiro, o volume foi de 187,2 milímetros em oito horas de chuva. Já são mais de 360 mm de precipitação, mais que o dobro previsto para janeiro.

De acordo com o superintendente da Defesa Civil, Isaque Nascimento, a chuva deste domingo foi suficiente para provocar alguns danos, principalmente a algumas famílias que sofreram com a enxurrada passada e que têm suas moradias localizadas nos bairros Cristo Redentor, Cravo I, II e II, e próximo ao Anel Viário.

“Foram registradas algumas intervenções e boa parte delas, são de algumas famílias que foram afetadas pela enxurrada do dia 13, porém, não com muito impacto como da outra vez. Nossas equipes seguem monitorando esses locais e também áreas de encosta, onde na semana passada foi registrada movimentação de terra em duas regiões, sendo uma delas no Dom Bosco”, disse Isaque ao Diário Corumbaense.
Ele ainda ressaltou que o posto de atendimento emergencial na Escola Municipal José de Souza Damy, no bairro Cristo Redentor, para atender as famílias afetadas, foi desmobilizado no final da manhã de sexta-feira (15), mas que os atendimentos seguem.

“Os atendimentos a essas famílias que ainda necessitam de apoio é feito através dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) que ficam nos bairros da cidade. Lá, essas pessoas podem buscar atendimento, passam pela triagem e recebem o apoio que necessitam. Em casos considerados mais graves, nossas equipes vão até esses imóveis e vemos se há ou não a necessidade de intervenção do local até mesmo com o uso de maquinários”, mencionou.

Na noite passada, uma árvore caiu sobre o imóvel de um casal de idosos e destruiu o telhado. Felizmente os moradores não se feriram e ficaram sob cuidados de parentes. 


Diário Corumbaense