Pandemia

"Vacina é um alívio para todos nós", diz prefeito de Jateí

Ele anunciou que o município já havia se adiantado na aquisição dos insumos necessários para fazer a imunização

19/01/2021 10:18


O prefeito Eraldo Jorge Leite, de Jateí, informou na segunda-feira (18) que a gestão municipal está preparada para promover a vacinação no município. Ele anunciou que o município já havia se adiantado na aquisição dos insumos necessários para fazer a imunização e também entrou na lista de espera para compra de vacinas para contemplar toda a população de uma só vez e não apenas os grupos prioritários.

Como a demanda é grande, o município aguarda a produção em massa para que o estoque reservado pela Prefeitura seja liberado o quanto antes possível.

O prefeito observa que tão logo as doses destinadas aos grupos prioritários cheguem em Jateí dará início imediatamente a vacinação, confiante que até quarta-feira este trabalho já esteja começado.

“A vacina é um alívio para todos nós, pois dá a esperança de imunização de nossa gente contra este terrível vírus”, comentou o prefeito.

Eraldo Leite faz questão de ressaltar que o começo da vacinação não representa o fim da pandemia.

“Devemos continuar com todos os cuidados e medidas de segurança, como uso de máscara e evitar aglomeração”, disse. O prefeito aproveitou ainda para destacar o trabalho de todo o setor de Saúde da Prefeitura, que presta assistência à população, seja na prevenção ou na assistência àqueles que  diagnosticados com Covid/19. Este trabalho, aliás, tem se mostrado muito eficaz, pois até o momento não ocorreu nenhum óbito no município por Covid/19.

PÚBLICO ALVO

Conforme a Secretaria de Saúde de Jateí, a vacinação contra a covid 19 será iniciada pelo pessoal da linha de frente de combate a doença, que são os profissionais de saúde, sendo que em seguida as demais camadas da população consideradas prioritárias, que são pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas); pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, residentes em Residências Inclusivas (institucionalizadas); e população indígena vivendo em terras indígenas.

O secretário municipal de Saúde, Célio Balasso, disse que o município realizou compra de insumos para garantir a realização da campanha de vacinação, com a aquisição de 10 mil agulhas e 10 mil seringas, não somente para vacinação de Covid como também para atender todos setores de assistência à Saúde.

Célio também informou que,  por determinação do prefeito Eraldo, a Prefeitura pretende adquirir, por compra direta, doses de vacinas Coronavac para vacinar as demais camadas da população que não se encaixam nos grupos prioritários.

“Entramos em contato com Instituto Butantan e protocolamos via e-mail, a intenção de compra de 6 mil doses. Como há grande busca pela vacina, não há data prevista para essa possível compra, mas o termo de intenção de compra foi feito e enviado a instituição”, ponderou o secretário.


Da Redação