Aquidauana

PMA flagra pesca ilegal em Aquidauana e apreende canoa, redes e petrechos proibidos

Suspeitos fugiram do local, deixando equipamentos para trás

28/01/2021 08:42


A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou na madrugada desta quinta-feira (28) dois pescadores com petrechos ilegais no rio Aquidauana. Foram apreendidos uma canoa, redes de pesca, anzóis de galho e molinetes.

De acordo com a polícia, os  infratores que se arriscam para praticar pesca predatória estão indo para os rios no período noturno, principalmente pela facilidade de fuga.

Consequentemente, a Polícia Militar Ambiental tem priorizado a fiscalização preventiva à pesca durante a piracema à noite e madrugada. Desde o início da noite de ontem, até o início desta manhã de hoje (28), duas equipes  realizavam fiscalização preventiva nos rios Aquidauana e Taquarussu.

Na madrugada de hoje (28), a equipe que estava no rio Aquidauana deparou com dois pescadores em uma canoa, armando anzol de galho (petrecho proibido) no perímetro urbano, na região da Ilha do Pescador, a cerca de 300 metros da ponte nova. 

Como estavam à margem do rio, assim que os elementos perceberam a equipe, pularam e empreenderam fuga, abandonando a embarcação e petrechos de pesca ilegais. Apesar de diligências, os criminosos não foram localizados. No local a PMA retirou do rio 25 anzóis que estavam armados e com iscas e apreendeu a canoa.

Pelas características da embarcação, a PMA tentará identificar os criminosos. Caso sejam encontrados, responderão por crime. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. Também serão multados administrativamente. A multa mínima é de R$ 700,00 e pode chegar a R$ 100 mil.

As duas equipes ainda retiraram dos dois rios fiscalizados mais 52 anzóis de galho, dois molinetes que estavam com iscas e armados no barranco do rio Aquidauana e duas redes de pesca.

 


Da Redação