Covid-19

Governador de Rondônia agradece Reinaldo Azambuja por ceder 12 leitos de UTI

Em vídeo, Marcos Rocha aparece junto com secretário de Saúde do seu estado

08/02/2021 11:29


O governador de Rondônia, Marcos Rocha (sem partido), gravou um vídeo agradecendo ao governador de Mato Grossos do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), pela cedência de 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) a pacientes do seu estado no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), em Campo Grande.

Mato Grosso do Sul também disponibilizou uma aeronave do Corpo de Bombeiros para fazer o transporte dos paciente, que estão em estado grave devido a covid-19. “Estou aqui neste momento para agradecer ao governador Reinaldo Azambuja por ceder 12 leitos de UTI, bem como a aeronave para transportar os pacientes de Rondônia para Mato Grosso do Sul. Estou muito grato ao senhor e toda sua equipe”, afirmou Marcos Rocha.

Ele estava acompanhado do secretário estadual de Saúde de Rondônia, Fernando Máximo, que também agradeceu a ajuda de Mato Grosso do Sul e o apoio da Secretaria Estadual de Saúde (SES). “Quero agradecer ao secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende por todo apoio que tem nos dado, com a permissão do governador (Reinaldo Azambuja). Tem sido um parceiro nesta pandemia e estão dando as mãos para gente”, descreveu Máximo.

Marcos Rocha lembrou que Rondônia prestou ajuda aos pacientes do Amazonas e agora está recebendo o devido apoio do Governo de Mato Grosso do Sul. “Esta união de esforços que vai nos fazer vencer esta pandemia”, completou ele.

Leitos             

O primeiro paciente de Rondônia a chegar no Estado foi um idoso de 61 anos, no dia 29 de janeiro. Até o dia 31 já haviam cinco pacientes (Rondônia) sendo tratados no Hospital Regional, em Campo Grande. Segundo a diretora da unidade, Rosana Leite, já chegaram 11 pacientes até a madrugada de domingo (07) e tem a previsão de chegar mais um ainda nesta segunda-feira (08).

Ela ainda revelou que deste grupo um paciente que veio de Ji-Paraná (RO) acabou falecendo, já que chegou ao Estado em estado grave. A diretora confirmou que foram abertos 12 leitos de UTI para atender os pacientes de Rondônia.

A aeronave Bimotor Baron do Grupamento de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul está fazendo este transporte de passageiros de Rondônia para Campo Grande. Ela trouxe um paciente na última madrugada e já está escalada para trazer outro (paciente) nesta segunda-feira.

Quando começou as crises de leitos de UTI e falta de oxigênio nos estados do Norte do Brasil, o governador Reinaldo Azambuja se prontificou em ajudar, cedendo leitos para que estes pacientes possam vir para Mato Grosso do Sul. Esta ajuda humanitária é uma forma de trabalhar em conjunto na luta contra a pandemia do coronavírus.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, também destacou a importância de ajudar neste momento de combate a covid-19. “O Governo do Estado teve a sensibilidade de estender a mão aos Estados que precisam de ajuda, para podermos salvar vidas dos pacientes de Rondônia, daqueles que precisam de leitos de UTI, já que houve colapso no sistema de saúde do estado”.


Da redação