Política

Deputado solicita prorrogação da carência do Pronampe aos empresários de Bonito e região

24/06/2021 14:00


O Deputado Estadual Renato Câmara (MDB), realizou uma indicação pedindo a prorrogação da carência do Pronampe aos empresários de Bonito e região, na manhã desta quinta-feira (24). O parlamentar solicitou que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul encaminhe o pedido ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, ao Ministro de Estado de Economia, Paulo Guedes e Senadora Federal, Simone Tebet (MDB).
 
A ação realizada por Câmara foi realizado após o pedido feito pelo Presidente do Instituto de Desenvolvimento Bonito (IDB), Augusto Mariano. A entidade sugeriu a prorrogação da carência do Pronampe até o término da pandemia da Covid-19 ou quando 70% da população brasileira adulta estiver vacinada.
 
“Esta é mais uma ação do IDB em benefício aos nossos associados que têm encontrado dificuldades para pagar as parcelas do Pronampe, tanto as que já estão vencidas e as que irão vencer. A pandemia ainda não acabou, o movimento na cidade de Bonito e em toda região ainda está fraco, principalmente em razão aos decretos estaduais que sofrem mudanças a todo momento e dificultam o planejamento dos nossos empresários. Não podemos esquecer que embora seja uma obra realizada pelo Instituto, o objetivo é beneficiar não só os nossos associados e sim todo trade turístico. Nós esperamos que o pedido do Renato Câmara seja atendido. Não podemos deixar de salientar que o Deputado tem sido um grande parceiro do turismo”, disse Augusto Mariano.
 
Sancionado pela Lei 14.161/2021, a linha de crédito do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte) tem como objetivo continuar auxiliando os empreendedores que ainda sofrem com os impactos da pandemia.
 
O Turismo, setor emprega milhares de pessoas e movimenta grande parte da economia de Mato Grosso do Sul sofreu e continua sofrendo os impactos da Covid-19. Na justificativa do deputado os casos de contaminações ainda não reduziram e em diversos estados ainda tem sido causa de interrupção de muitas atividades, fato este, que traz aos pequenos e microempresários sérias dificuldades para iniciar o pagamento das parcelas do empréstimo realizado através do Pronampe.

Assessoria de Comunicação