Olimpíadas

Rebeca Andrade conquista prata inédita na ginástica artística

Com apenas 22 anos, ginasta garantiu a primeira medalha olímpica da história da modalidade feminina

29/07/2021 09:46


Na manhã desta quinta-feira, noite em Tóquio, a brasileira Rebeca Andrade deu show e conquistou o segundo lugar no pódio do individual geral, modalidade que testa as habilidades das atletas em todos os aparelhos da ginástica.

Acumulando 57,298 pontos no total – graças a uma participação do VAR, que reavaliou o nível de dificuldade da rotina em uma das provas e garantiu acréscimo de um décimo na nota –, a ginasta guarulhense marcou seu nome na história do esporte brasileiro ao conseguir a primeira medalha olímpica da ginástica feminina do Brasil.

Rebeca ainda disputará duas finais nesses Jogos Olímpicos: a do salto, no domingo, e do solo, na segunda-feira. O solo, inclusive, tem feito muito sucesso por conta da música escolhida pela ginasta: Baile de Favela. Com o famoso funk carioca de fundo, ela conquistou a excelente nota 13,666 hoje e é uma das favoritas para a disputa no dia 2 de agosto.


João Marcelo Correia Sanches