Descanse em paz

Aos 68 anos, morre dona Maria do Jacaré

Figura símbolo do Pantanal de Miranda faleceu após acidente doméstico

01/08/2021 14:00


A vovó mais corajosa do Brasil. Rainha dos jacarés. Esses eram alguns dos títulos dados à dona Eurides de Fátima Macena de Barros, mais conhecida como “Maria”. Famosa por ter mais de 60 jacarés de estimação no quintal de sua casa, que atendiam até mesmo por nome, a figura folclórica e alegre do Pantanal de Mirando nos deixou na tarde de ontem (31), aos 68 anos de idade.

Segundo a filha de dona Maria, Mauronéia, a mãe sofreu uma queda na escada da casa de seu filho, onde a família se reuniu para um jantar na sexta-feira (30). No dia seguinte, sentindo um incomodo maior e muitas dores, ela foi levada pelos filhos até o Hospital Regional de Aquidauna, onde foram constatadas uma lesão no fígado e uma hemorragia no intestino. Os médicos tentaram uma cirurgia de emergência, mas dona Maria teve uma parada cardíaca durante o procedimento e faleceu por volta das 16h30.

Amigos e parentes lamentaram profundamente a perda precoce de uma pioneira do turismo pantaneiro. Ainda muito emocionada, Mauronéia disse que pretende cuidar dos jacarés com seu irmão. “Não consigo pensar neste momento, mas eu e meu irmão vamos continuar com o legado da minha mãe”.

Maria do Jacaré – Utilizando um berrante e assovios para convocar suas “crianças”, dona Maria encantava os turistas que passavam por Miranda, em seu cantinho às margens da BR-262. Ela chegou a protagonizar um quadro no programa “Domingo Show”, do apresentador Geraldo Luís, em 2019. Você pode conferir a matéria no vídeo abaixo.

 

 

Com informações do Campo Grande News.


João Marcelo Correia Sanches