Game Over

Até PlayStation 2 virou moeda de troca por drogas em boca de fumo

Policiais civis e militares acabaram com comércio de entorpecentes em Brasilândia e apreenderam produtos suspeitos

22/09/2021 08:17


Quando o dinheiro está em falta, fato comum à maioria dos brasileiros atualmente, muitas vezes o que pode resolver a situação e garantir determinado produto é o bom e velho escambo. Aparentemente, esta era a mentalidade de dois jovens comerciantes de drogas em Brasilândia, que foram presos nesta terça-feira (21) durante ação conjunta das polícias Civil e Militar.

A ação ocorreu após investigações dos policiais civis do município, que identificaram uma residência no Bairro José Arara como potencial ponto de venda de entorpecentes. Em companhia da PM, os agentes de segurança foram até o local – conhecido como “Boca do Indinho” – após denúncias de movimentação suspeita e lá encontraram dois indígenas, de 18 e 20 anos de idade.

Os autores estavam com uma pedra de crack, um tablete de maconha e uma variedade de produtos que, de acordo com os policiais, podem ter sido recebidos como forma de pagamento. Entre os objetos trocados estavam pacotes fechados de meias, camisetas ainda com etiqueta, aparelhos celulares e até mesmo um PlayStation 2 com três controles. Claro que nem só de escambo viviam os traficantes, e os policiais apreenderam também R$ 622 em dinheiro trocado, característico da venda de entorpecentes.

Os dois jovens foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A pena para as duas infrações pode chegar a 15 anos de reclusão. A Polícia Civil reforça que denúncias podem ser feitas de maneira anônima por WhatsApp; basta enviar mensagem para os telefones (67) 9 9987-9169 e (67) 9 9919-5990.


João Marcelo Correia Sanches