No Rio Paraguai

Últimas três vítimas de naufrágio em Corumbá ainda serão veladas

18/10/2021 08:23


Os quatro corpos de uma mesma família que morreu tragicamente em naufrágio da embarcação "Carcará" em trecho do Rio Paraguai, no município de Corumbá, já foram velados no dia de ontem (17). A cerimônia ocorreu na sede de uma loja maçônica da cidade.

As fatalidades identificadas da mesma família são: Thiago Souza Gomes, 18 anos; Fernando Gomes de Oliveira, 49 anos (pai de Thiago); Olímpio Alves de Souza, 71 anos (tio-avô); Geraldo Alves de Souza, 78 anos (irmão de Olímpio, sogro de Fernando e avô de Thiago).

Confira o vídeo abaixo:

O corpo de Fernandes Rodrigues Leão – última vítima moradora de Goiás – segue ainda desaparecido dentro do barco. As chuvas e os ventos fortes da última sexta-feira (15) motivaram o naufrágio, quando a embarcação virou com 21 pessoas a bordo.

À polícia e bombeiros militares, os sobreviventes contaram que faziam um churrasco ao ar livre no convés da embarcação quando foram surpreendidos pela forte ventania. Sem tempo nem de saltar os 21 metros de altura, "Carcará" imediatamente virou.

Buscas pelas vítimas do naufrágio tiveram ajuda de mergulhadores do Corpo de Bombeiros (Foto: Reprodução/CBMMS)

Ao todo, sete morreram no acidente e outros 14 conseguiram se salvar. O grupo – parte sul-mato-grossense e também de Rio Verde de Goiás – estava em expedição de pescaria pelo Pantanal desde o dia 8 de outubro.

As outras fatalidades são o comandante da embarcação Vitor Celestino Francelino, de 64 anos, e o auxiliar de convés Mauro Rodrigues Canavarro, de 49. Os dois ainda serão velados.

Até um avião da Força Aérea foi utilizado para levar corpos do MS até Goiás (Foto: Reprodução/Internet)

Via aeréa – Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) já transportou cinco corpos das vítimas fatais do naufrágio. O traslado de Corumbá para Rio Verde de Goiás foi realizado manhã de domingo.

A solicitação de ajuda militar ao general Braga Neto, ministro da Defesa, para utilização da aeronave da FAB foi feito pelo senador Vanderlan Cardoso, pelo deputado Lissauer Vieira e pelo prefeito Paulo do Vale. Os três políticos são de Goiás.


Raul Delvizio