Tragédia

Em set de filmagens, Alec Baldwin mata diretora de fotografia

Polícia do Novo México investiga o que teria acontecido com a arma cenográfica

22/10/2021 13:37


Um terrível incidente assolou Hollywood nesta quinta-feira (21). Durante filmagens de seu próximo filme de faroeste, o veterano ator Alec Baldwin disparou, acidentalmente, tiros contra a diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, o diretor do filme, Joel Souza, de 48. Hutchins não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo Juan Rios, porta-voz do gabinete do xerife no Condado de Santa Fé, no Novo México, local das gravações, as circunstâncias do tiroteio estão sendo investigadas. O acidente ocorreu na tarde de ontem. Após prestar depoimento, o ator foi visto chorando na entrada da delegacia.

Ator estava desolado após o ocorrido (Foto: Jim Weber/The New Mexican)

Rios afirmou que o tiroteio no Rancho Bonanza Creek aconteceu no meio de uma cena que estava sendo ensaiada ou filmada. A polícia entrevistou pessoas presentes no set para entender o que de fato ocorreu. “Estamos tentando determinar, agora, como e que tipo de projétil foi usado na arma de fogo”, disse ele, acrescentando que as autoridades não haviam entrado com nenhuma acusação contra ninguém da equipe de produção.

Hutchins chegou a ser levada de avião para o Hospital da Universidade do Novo México, em Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Souza foi encaminhado ao Centro Médico Regional Christus St. Vicent, em Santa Fé, e teve alta durante a noite.

Hutchins (à esquerda) e Souza (à direita) foram atingidos durante as filmagens (Foto: Reprodução/Internet)

Em nota, a produtora do filme, Rust Movie Productions LLC, afirmou que "todo elenco está devastado pela tragédia" e enviou "as mais profundas condolências à família e aos entes queridos de Halyna". Segundo o New Mexico Film Office, a produtora empregava 75 trabalhadores técnicos, 22 atores e 230 figurantes no início de outubro.

"Interrompemos a produção do filme por tempo indeterminado e estamos cooperando totalmente com a investigação do Departamento de Polícia de Santa Fé. Estamos providenciando aconselhamento psicológico a todos os envolvidos na produção do filme enquanto nos esforçamos para enfrentar esse terrível acontecimento", continuou a nota.

Um porta-voz de Baldwin afirmou que houve uma falha na ignição da arma, semelhante às "pistolas de partida" utilizadas para dar início às corridas de atletismo.

Incidentes com armas cenográficas são raros, e as notícias do caso envolvendo Alec Baldwin surpreenderam a indústria cinematográfica. As armas cenográficas, também chamadas de "prop guns", são populares em Hollywood, embora sejam tema de polêmicas e controvérsias há décadas.

Em geral, os equipamentos cenográficos contam com um certificado especial para serem utilizados pelos estúdios. Apesar de parecerem inofenvisos, tanto os revólveres cenográficos quanto as tais "pistolas de partida", que substituem balas por festim, podem ser perigosos. No lugar de um projétil de metal, os festins têm materiais como algodão ou papel preso à frente. Ao ser acionada, a arma gera muitas faíscas e barulho de tiro, proporcionando o impacto desejável para a cena, mas sem disparar nenhuma parte da munição.

(Com informações do portal O Globo)


Da redação