Julgamento

Réus acusados de decapitar jovem são condenados a 105 anos de cadeia

27/10/2021 12:30


O julgamento de nove réus do Primeiro Comando da Capital (PCC) acabou em condenação para sete deles, com somatória das penas em 105 anos de prisão. Outros dois acusados foram absolvidos. O crime bárbaro tirou a vida da campo-grandense Joyce Viana de Amorim, de 22 anos, decapitada em 2018.

A decisão durou mais de 18 horas, mas saiu na madrugada desta quarta-feira (27), segundo informou o site Campo Grande News. O julgamento começou às 8h de ontem, na 1ª Vara do Tribunal do Júri, com esquema reforçado de segurança policial devido a risco de brigas entre as facções criminosas.

As condenações dos sete réus foram por homicídio qualificado, organização criminosa, cárcere privado e ocultação de cadáver. Um dos acusados morreu antes de ser levado a julgamento.

A execução

Após 10 dias desaparecida, Joyce foi encontrada com as mãos amarradas e sem a cabeça na manhã do dia 14 de maio de 2018, em estrada vicinal que dá acesso à avenida Wilson Paes de Barros, entre os bairros Santa Emília e Nova Campo Grande, na Capital.

A vítima tentou "recuperar" um chinelo furtado, afirmando ser integrante do Comando Vermelho (CV). Irritados com a afirmação, os bandidos mantiveram Joyce refém, forçando ela a gravar um vídeo em que confessava ser integrante da facção carioca antes de ser executada.

(Com informações do Campo Grande News)


Da redação