Orgulho da terra

Em Marília, Anastadance reafirma posição de destaque no cenário nacional

Grupo de dança foi premiado nas 13 categorias em que estava inscrito

27/10/2021 11:57


Dessa vez, o evento foi presencial, mas uma coisa não muda quando o assunto é torneios de dança: o domínio dos alunos do Anastadance na lista de vencedores. Após angariar fundos com a população de Aquidauana e Anastácio, o grupo foi até Marília neste fim de semana e trouxe na bagagem 13 novas medalhas.

O feito é ainda mais impressionante se considerarmos que a companhia de José Roberto Ferreira Guerra, o Betinho, estava inscrita justamente em 13 categorias do Festival Livre de Dança.

Realizada nos dias 23 e 24, a competição reuniu estúdios e academias de 16 cidades nos estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, somando 150 coreografias inscritas. Além de Anastácio, Bataguassu também estava representada com atletas em Marília.

Com a dança no sangue, Betinho Júnior segue colecionando troféus e medalhas por onde passaCom a dança no sangue, Betinho Júnior segue colecionando troféus e medalhas por onde passa (Foto: Anastadance)

Betinho não poderia estar mais orgulhoso de seus pupilos e disse que, apesar de toda a correria para fazer as inscrições e providenciar o transporte e a estadia dos dançarinos, o trabalho árduo valeu a pena.

"Só tenho a agradecer primeiramente a Deus e à minha equipe, que foi maravilhosa dando show no palco de Marília. Mesmo cansados, depois de uma viagem de 12 horas, eles fizeram o seu melhor", celebrou o professor.

Foram distribuídas premiações em dinheiro para aqueles que mais se destacaram no festival e também bolsas parciais e integrais para o V Encontro de Dança Contemporânea On-line, já neste fim de semana.

Betinho Júnior e Kenedy Falcão foram agraciados com bolsas de 100% e agora contam os dias para aprender ainda mais com três renomados professores de dança: Mirian Druwe, do Brasil; Claudinei Garcia Clau, de Portugal; e Anderson André Braz, de Israel.

Todas essas conquistas recentes vieram graças ao esforço de Betinho e seus alunos, mas também da ajuda de aquidauanenses, anastacianos e autoridades locais. O coreógrafo fez questão de reforçar a importância das pessoas que patrocinaram e participaram das promoções realizadas pelo grupo. "Eles fizeram com que a gente conseguisse chegar em Marília, ganhar muitas premiações e fazer bonito, representando bem a nossa região e o nosso Estado", disse.

Durante o mês, o Anastadance arrecadou fundos com a venda de rifas e conseguiu custear parte dos gastos da viagem com esse dinheiro. Vale ressaltar que ainda há cinco números disponíveis para quem quiser ajudar e, de quebra, concorrer a um kit churrasco completo – doado pelo empresário Flávio Cabo Almi, filho do ex-deputado estadual que faleceu em maio vítima da covid-19.

Serão cinco sorteados, e o sortudo que levar o grande prêmio receberá 7 kg de linguiça e carne vermelha, um saco de carvão, 2 kg de mandioca, um fardo de refri e duas caixas de cerveja. O valor de cada rifa é R$ 20,00.

Sem muito tempo para descanso, o Anastadance também terá representantes em um dos maiores eventos de dança do Estado, o Prêmio e Mostra Onça-Pintada, que será realizado no Teatro Glauce Rocha, em Campo Grande. No momento, três coreografias do grupo já estão inscritas.

Confira abaixo a lista dos dançarinos premiados na competição em Marília:

* Atualizada com mais informações às 13h11


João Marcelo Correia Sanches