Aquidauana em destaque

Merenda escolar vira tema de pesquisa de doutorado

24/11/2021 12:54


A cidade de Aquidauana foi escolhida para representar Mato Grosso do Sul em uma pesquisa de doutorado que avalia a qualidade da merenda escolar em cinco regiões do Brasil. Considerado uma “referência”, o trabalho da Rede Municipal de Ensino foi avaliado de perto na semana passada.

Entre os dias 16 e 19 de novembro, a doutoranda Eliane Alves da Silva, da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), acompanhou de perto todo o processo da gestão dos alimentos, desde a compra até o armazenamento e a produção.

Ela foi acompanhada pela secretária municipal de Educação, professora Wilsandra Aparecida de Lima Beda, junto da presidenta do Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CMAE) e as nutricionistas da Semed.

Intitulado “Aprendizagens para o desenvolvimento sustentável: casos do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) brasileiro” e produzido sob orientação do professor Eugenio Avila Pedrozo, o estudo analisa a gestão da merenda escolar do município, principalmente com relação à aquisição de alimentos da agricultura familiar.

Durante os três dias de visita na cidade, a doutoranda conheceu a organização do setor da merenda escolar, visitou algumas escolas com as nutricionistas e merendeiras – onde pode acompanhar a preparação das refeições – e, por fim, fez uma visita técnica ao depósito em que são armazenados os alimentos não perecíveis.

“A alimentação escolar é tratada com seriedade pela Administração Municipal e por todas as nossas equipes dos CMEIs e escolas da REME. Priorizamos o investimento dos recursos da merenda, na aquisição de alimentos nutritivos, frescos e que se transformam em refeições cheias de sabor, nutrição e cor, preparadas com carinho pelas merendeiras e servidas aos nossos alunos”, explicou a secretária Wilsandra Béda.

Ao fim dos trabalhos, Eliane parabenizou a administração municipal pelo olhar cauteloso dado ao tema de sua pesquisa e pelo trabalho feito pelas equipes da Semed. “O sucesso do PNAE depende de sua gestão no município, onde muitas cidades não atingem o mínimo necessário. Porém há bons exemplos de gestão no PNAE e, entre elas, está Aquidauana”, disse a pesquisador.

Dando continuidade à sua tese, a acadêmica fará pesquisas semelhantes em Mato Grosso, Rondônia, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.


João Marcelo Correia Sanches