Pesquisa

Procon/MS aponta variação de até 457,25% no preço dos hortifrúti

Pesquisa foi realizada no período de 28 de abril a 9 de maio, em Campo Grande

13/05/2022 06:40


Pesquisa do Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) divulgada nesta sexta-feira (13), apontou variação de até 457,25% no preço dos  hortifrúti nos supermercados de Campo Grande.

A pesquisa foi realizada no período de 28 de abril a 9 de maio, abrangendo 22 locais entre atacadistas, supermercados, mercados e outros estabelecimentos onde os produtos estão expostos a venda. Foram pesquisados preços de 115 tipos de hortifrutis. 

Entre os mercados varejistas, 48 pesquisados tiveram variação de preço acima de 100%. A maior diferença encontrada foi de 457,25% no valor do quilo do mamão formosa, sendo o maior valor - de R$ 14,99 no Pão de Açúcar - e o menor de R$ 2,69 no Duarte. A menor diferença foi de 8,74% no Mel vovô Pedro 500g, sendo o maior valor de R$ 25,99 no mercado São João, e o menor valor de R$ 23,90 no Pag Poko.

Nos estabelecimentos atacadistas, a maior variação foi de 130,43%  no preço do maço de hortelã, sendo o maior valor de R$ 6,89 no Morena Atacadista e o menor por R$ 2,99 no Fort. A menor variação foi de 1,58% no quilo do Mamão Papaia, sendo o maior valor de R$ 8,99 no Fort, e o menor valor de R$ 8,85 no Assaí.

Nos mercados especializados em hortifruti, 33 produtos pesquisados apresentaram variação superior a 100%. A maior variação foi de 299,00% no preço do maço da hortelã, sendo o maior valor de R$ 3,99 no Hortifrúti Santa Rita e o menor por R$ 1,00 no Hortifrúti Florestal. A menor variação foi de 5,61% no quilo da vagem, sendo o maior valor de R$ 19,00 no Hortifrúti Florestal, e o menor valor de R$ 17,99 no Hortifrúti Santa Rita.


Redação