Aprendizado

CREAS alerta alunos sobre violência sexual em Aquidauana

As palestras foram ministradas para os alunos do Ensino Fundamental

20/05/2022 15:48


A equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) esteve nas escolas de Aquidauana, realizando palestras para os alunos, sobre como prevenir e denunciar os casos de violência sexual.
A ação faz parte campanha "18 de maio Faça Bonito", de Combate o ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

As palestras foram ministradas ontem (19) e hoje (20), para os alunos do Ensino Fundamental, de 5º ao 9º anos, na Escola Estadual Marechal Deodoro da Fonseca, no bairro Cidade Nova.
A psicóloga Tainara Coronel e as assistentes sociais Sunamita Vogt e Rosângela Teixeira e a advogada Camilla Neponucemo, ministraram as palestras.

As palestras para os alunos servem para ajudar na prevenção da violência contra a criança e do adolescente, para eles aprenderem a identificarem as modalidades de violência sexual e como denunciar.

"É importante eles saberem que existe um local específico que cuida deles, o CREAS. Também orientamos sobre o toque e o corpo, condutas impróprias de possíveis agressores. Orientamos para que as crianças identifiquem possíveis situações de risco e saibam como evitar ou denunciar", explicou a coordenadora do CREAS, a psicóloga Juliane Ribeiro.

Desde o início da campanha, na primeira semana de maio, o CREAS já realizou palestras em nove escolas. Até o final do mês, 19 escolas devem receber o projeto.
A equipe também já realizou reunião com pais e professores, nos sábados de Família e Escola.

Durante a semana, a equipe do CREAS também distribuiu material educativo em todas as unidades de saúde e no centro da cidade e, também, estarão levando essa temática da campanha para áreas rurais e aldeias.

 Dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), apontam que as denúncias de violência contra crianças e adolescentes representam 30% do total de denúncias recebidas pelos canais no período divulgado.

 


Redação