Tecnologia

RNP inaugura rede de alta velocidade para ligar hospitais universitários

27/07/2007 11:01


A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP/MCT), mantida pelos ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Educação (MEC), inaugura no dia 1º de agosto a Rede Universitária de Telemedicina (Rute).


A iniciativa, apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCT) e a Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue), tem por objetivo implantar uma infra-estrutura física, serviços e aplicações em redes de alta velocidade visando a integrar projetos de telemedicina existentes em desenvolvimento em hospitais universitários no País.


A rede permitirá a implantação de sistemas de análise de imagens médicas com diagnósticos remotos, que pode contribuir para diminuir a carência de especialistas, além de proporcionar treinamento e capacitação de profissionais da área médica sem deslocamento para os centros de referência.


Nesta primeira etapa, já estão sendo beneficiadas 19 unidades hospitalares em 14 estados. O projeto está sendo expandido para outros 33 hospitais universitários e cinco faculdades da área de saúde, alcançando todos os estados brasileiros.


Um convênio firmado entre o Ministério da Saúde e a RNP perminitirá também a integração à Rute de 32 núcleos de telessaúde do Projeto Piloto Nacional de Telessaúde, apoiando a qualificação dos profissionais de saúde que fazem atenção básica à população.


A Rute possibilitará, em um primeiro momento, a utilização de aplicativos que demandam mais recursos de rede e o compartilhamento de dados médicos dos hospitais universitários e instituições de ensino e pesquisa participantes da iniciativa.


uol