Medo de doença pode explicar rejeição a obesos

30/07/2007 10:31


As pessoas gordas são rejeitadas pelas magras pela sensação de medo que criam nestas últimas de que carregariam alguma doença ou deficiência, segundo concluíram pesquisadores canadenses.


Segundo o estudo publicado na revista científica Evolution and Human Behaviour, nossos cérebros foram desenvolvidos para reagir a sinais exteriores de doenças, como feridas e queimaduras, criando um "mecanismo de rejeição" a elas.


"Indivíduos acima do peso evocam respostas comportamentais e emocionais simalares às emitidas por pessoas doentes, desfiguradas ou com algum tipo de deficiência: distanciamento, repugnância e exclusão social", diz o estudo.


Vulneráveis


Através da aplicação de um questionário, os pesquisadores descobriram que o sentimento de rejeição contra os obesos foi mais observado entre os que têm mais medo de contrair doenças.


Pessoas que admitiram "ficar muito incomodadas com quem espirra sem tapar a boca" foram também as que mais concordaram que "se fossem empregadores, evitariam contratar uma pessoa gorda", observam os cientistas.


É improvável, no entanto, que os humanos tenham desenvolvido um mecanismo psicológico específico de resposta à obesidade, que é um fenômeno historicamente recente.


Considerando-se que o mecanismo humano de defesa contra doenças é ativado pela visão, a imagem de corpos obesos faria as pessoas magras pensarem que são vulneráveis a doenças, segundo os cientistas.


bbc brasil