Turismo

MS e Paraná querem implantar rota turística integrada

14/08/2007 09:17


As obras de construção do terminal de passageiros do aeroporto de Bonito devem possibilitar a implantação de uma rota turística integrada entre Mato Grosso do Sul e Paraná. A rota Foz do Iguaçu (PR) - Bonito - Pantanal é um dos compromissos da Carta de Bonito, um conjunto de manifestações divulgado durante a última reunião dos governadores do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), no dia 5.


O item número 2 da carta estabelece que "os estados do Mato Grosso do Sul e do Paraná criarão as condições necessárias para a instituição, precedida de avaliação de planejamento, da Rota Turística Foz do Iguaçu - Bonito - Pantanal". Além de André Puccinelli e Roberto Requião (PR), participaram da reunião a governadora Yeda Crusius (RS) e o vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan.


Nesta segunda-feira (13), está sendo realizada uma audiência pública, em Bonito, para avaliação do Relatório de Impacto Ambiental da obras do terminal. Em visita ao município durante o Festival de Inverno, o governador André Puccinelli reforçou o compromisso de ter a estrutura concluída em 2008, incluindo as obras do terminal de passageiros e iluminação.


Rota integrada
Segundo a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (Produção, Indústria, Comércio e Turismo) um grande número de turistas estrangeiros que vão à cidade paranaense de Foz do Iguaçu têm o desejo de estender a visita à região do Pantanal sul-mato-grossense. A estruturação do aeroporto deve colocar o município em condições de receber linhas regulares das principais companhias aéreas para fomentar esse turismo.


A secretária revela que a Fundação de Turismo está mantendo contatos com as transportadoras, para negociar a implantação de vôos. Existe interesse das companhias numa rota área Foz do Iguaçu - Bonito - Campo Grande - São Paulo. "Três vôos semanais seriam suficientes", avalia Tereza Cristina.


portal bonito