Obesidade aumentará número de casos de infertilidade feminina

25/08/2007 12:35


O aumento dos níveis de obesidade entre a população dos países ocidentais terá como conseqüência um aumento nos casos de infertilidade feminina, adverte um estudo realizado por cientistas da Austrália e do Reino Unido.


A advertência foi feita pelos especialistas, que previram que os níveis de infertilidade nos chamados "países desenvolvidos" aumentarão nos próximos dez anos.


Neste período, 20% dos casais ocidentais terão que se submeter a tratamentos de fertilidade, segundo os cientistas.


Neste sentido, Bill Ledger, professor da Universidade de Sheffield, propõe que as mulheres iniciem tratamentos para perder peso antes de recorrer a especialistas em fertilidade.


As conclusões aparecem no artigo publicado no último número da revista médica "The Lancet", sobre a síndrome de ovário policístico, transtorno que afeta uma em cada 15 mulheres no mundo, e que é conseqüência de um excesso de hormônios masculinos.


"A obesidade tem um efeito substancial na manifestação da síndrome de ovário policístico", comentam os cientistas na revista, que afirmam que "o excesso de peso aumenta as anomalias reprodutivas e metabólicas nas mulheres que sofrem desta síndrome".


efe