Eventos

11ª edição do Dança Campo Grande

28/08/2007 10:28


Em comemoração ao aniversário de Campo Grande, a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) realiza, do dia 30 de agosto até o dia 03 de setembro, a 11ª edição do Projeto Dança Campo Grande.


"Felizmente o evento já se firmou no calendário da cidade, e a cada ano procura não só levar as pessoas para dançar, mas promover uma reflexão sobre a dança e oferecer um espaço democrático em que se abraçam todos os estilos", comentou Renata Leoni, coordenadora técnica do evento e responsável pelo Núcleo de Dança da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul), que apóia o projeto.


Nos dias 30 e 31 de agosto, às 20 horas, no Teatro Glauce Rocha, acontece o Dança Campo Grande, que consiste no encontro de academias, grupos e companhias de dança da cidade. O objetivo é fomentar a produção da dança campo-grandense, por meio da difusão dos trabalhos dos artistas profissionais e amadores da cidade e do país e da sua capacitação e aperfeiçoamento, através de cursos, oficinas, palestras e trocas de experiências, oferecidos pela Fundac. É o fortalecimento do espaço da dança na cultura sul-mato-grossense e a divulgação das escolas, academias, grupos e companhias da cidade em um espaço democrático, com preços acessíveis e espetáculos gratuitos, na maioria das vezes. Dessa vez, os ingressos serão encontrados nas Academias de Campo Grande pelo valor de R$ 5,00.


Participarão destas noites os seguintes grupos: Cia. de Artes Uniderp, Ballet Isadora Duncan, Projeto Dançar, Grupo Imagens, Grupo Maktub, Nova Geração, Dançurbana Cia de Dança, Blessed, King's Company, Casa de Ensaio, Beatriz de Almeida, Gisela Doria, Natraj, Sealp, Fênix, Grupo Bailah, Gedan's de Londrina, Baraque Street Art, Body Trainer, Código Sete, Cia do Mato, Ginga Cia de Dança, Ararazul Cia de Dança, Litani, Steet Pop, Expressão de Rua, Master Beat, Focus, Ritmus Freestyle, Sintonia de Rua e Inibaile/UCDB.


No dia 1º, o espetáculo será "De Corpo e Alma", apresentado pelos alunos do Projeto Dançar, às 20 horas, no Teatro Glauce Rocha. É um espetáculo que comemora o 10º ano de vida do projeto, parceria entre a Fundac e Ginga Cia. de Dança. Ingressos também a R$ 5,00.


No dia 2 de setembro, às 19 horas, no Teatro Glauce Rocha, será a vez do "Campo Grande do Street", espetáculo apresentado pelos alunos do Projeto "Arte sim, Violência, não!" Este projeto busca ocupar crianças, adolescentes e jovens dos bairros de Campo Grande com a arte musical e coreográfica da Dança de Rua, com oficinas ministradas através da Fundac. A entrada é franca.


No último dia do projeto, 3 de setembro, quem se apresenta é a Esther Weitzman Companhia de Dança e seus convidados, do Rio de Janeiro, no espetáculo "Territórios", que teve distinção em âmbito nacional, considerado um dos melhores espetáculos de dança em 2006 (Jornal O Globo). Às 20h, no Teatro Glauce Rocha. A entrada é franca.


A programação contará também com a presença de Roberto Pereira, coordenador do curso de dança da UniverCidade do Rio de Janeiro, que ministrará o curso "O Corpo que dança conta história" no MARCO (Museu de Arte Contemporânea), fechando assim o evento deste ano. 


midia max news