Geral

Começa a reunião do Conselho de Ética do Senado

30/08/2007 10:47


Começou há pouco a reunião do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado que deverá analisar relatório sobre representação do PSOL para verificação de quebra de decoro parlamentar por parte do presidente do Senado, Renan Calheiros. De acordo com denúncia publicada na revista Veja, Renan teria tido parte de suas despesas pessoais pagas por um funcionário da Mendes Júnior.


O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), afirmou que será considerado o relatório "da comissão" o texto apresentado pelos senadores Marisa Serrano (PSDB-MS) e Renato Casagrande (PSB-ES). A comissão de inquérito criada no âmbito do conselho para avaliar representação do PSOL contra o presidente do Senado, Renan Calheiros, é composta pelos dois senadores e pelo terceiro relator, Almeida Lima (PMDB-SE).


Na representação, que deverá ser votada hoje, o PSOL pede ao Conselho de Ética que verifique se houve quebra de decoro parlamentar por parte de Renan Calheiros que, de acordo com denúncia da revista Veja, teria tido parte de suas contas pessoais pagas por um funcionário de uma empreiteira. O segundo relatório sobre o caso, de autoria do senador Almeida Lima, sugere a absolvição de Renan Calheiros e será examinado separadamente, de acordo com Quintanilha.


midia max news