Turismo

Corumbá busca solução para navegabilidade do Taquari

31/08/2007 14:08


Garantir a intervenção urgente em pontos críticos do rio Taquari para melhorar as condições de navegabilidade. É isto que pretende a Prefeitura de Corumbá em reunião nesta quinta-feira (30) com os membros da comissão interministerial presidida pela ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, e que tem por objetivo tratar de questões ligadas ao rio.


Representam Corumbá no encontro, às 13h30 (horário de MS), em Brasília, o secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável, Cássio Augusto da Costa Marques, e o secretário-executivo de Meio Ambiente, Ricardo Éboli.


A preocupação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira é justamente com relação aos problemas ambientais, sociais e econômicos, causados pelo assoreamento. Ruiter, que viaja hoje para o Rio de Janeiro, com o secretário-executivo de Turismo e de Relações Institucionais, Carlos Porto, orientou Cássio e Éboli a buscar junto ao Governo Federal alternativas para que o rio volte a ser navegável.


Éboli explicou que o pedido de Corumbá será por uma intervenção urgente em pontos críticos na calha do rio, para facilitar a navegação. "Existem locais em que não há mais como navegar, o que prejudica a comunidade ribeirinha da planície pantaneira, bem como o próprio Poder Público, que não consegue chegar até estas localidades para prestar assistência aos moradores. Para ultrapassar estes pontos críticos, só arrastando o barco", disse.


Além da recuperação da calha, Corumbá vai solicitar também intervenção em pontos críticos da mata ciliar.


portal bonito